Recent Posts

domingo, 9 de agosto de 2009

Já tinha dias que a lua vinha emagrecendo, devagar ia pintando a noite de preto e ressuscitando as estrelas.

Já era tarde e pela fresta da porta, um vento de assovio definia agosto.

Ela carregava uma alma antiga e naquela noite vivia um momento vintage: sentada no chão com as pernas encolhidas, olhava pro céu, ouvindo Etta Jones que girava num toca discos antigo.

At last my love has come along
My lonely days are over
And life is like a song

Não havia nostalgia no sorriso da moça de coração dançarino, só aquela sensação... At last

A imagem: http://lar-dog.deviantart.com/art/Long-Play-115238094

A música: http://www.youtube.com/watch?v=ADDigK8LwyE

5 comentários:

, pequena notável # disse...

Às vezes é bom parar e sentar sozinha olhando para a lua e ficar refletindo nas coisas que passaram, ou que ainda talvez aconteçam. Faço isso quase que cotidianamente. O interessante são as pessoas passando e olhando curiosas em o que estamos fazendo/pensando.
;*

Carina Mota disse...

Simples, breve e tocante. Adorei seu texto... aliás, acho seu blog de uma delicadeza deliciosa. Adoro vir aqui

Beijão

Kuriozza disse...

Sem muitas palavras. Muitas sensações.

Bjs!

entre3letras disse...

Etta é ótima. Adoro a voz dela.
Beijo.

Jo.

Narradora disse...

Pequena notável,
A lua é boa conselheira :)

Carina,
A casa é sua. :)

Kuriozza,
Às vezes elas fazem isso com a gente...

Jo,
Também gosto muito.