Recent Posts

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Conta saldada

Sabe aqueles momentos em que você vê uma imagem, pensa na máquina fotografica que ficou no carro, corre lá, mas quando volta a luz mudou e você perdeu a chance?
Era nisso que ela estava pensando enquanto caminhava na praia, sem a máquina - nas oportunidades...
Relembrando, ela pode perceber que algumas oportunidades ela buscou, lutou mesmo pra ter; umas, surgiram de surpresa; e outras, ela só viu pelo retrovisor. Algumas, ela agarrou com força pra não deixar escapar; umas, ela deixou passar por opção; e outras, por medo ou porque não estava preparada.
O interessante é que na medida em que ela refletia sobre isso, não sentia pesar pelos erros e faltas do passado. Não faz muito tempo ela entendeu que as oportunidades perdidas não precisavam ser desperdiçadas, porque com elas, a gente, se quiser, aprende.
Assim, firmou, consigo mesma, um único compromisso: fazer o melhor que puder em cada momento (como diz aquela poesia do Fernando Pessoa*). Desde então, conta saldada.
A propósito, a foto que acompanha o texto, foi feita no dia seguinte. A máquina fotográfica não fica mais no carro.
*próxima postagem

1 comentários:

Chata disse...

Ainda bem que levaste a máquina da outra vez.