Recent Posts

domingo, 22 de junho de 2008

"Don't be coming, come!"


O inverno chegou, desde ontem às 20 horas e 59 minutos. É bem verdade que o tempo não se ocupa dessas formalidades, parece que até brinca com elas. Tanto é assim, que faz uns dias que aqui é inverno de meias e luvas.
Exatamente por isso a manhã de hoje foi um presente. Um sol manso apareceu deixando o azul frio do céu ainda mais claro. As cores estavam vivas, mas não ofuscantes, simplesmente existindo, luz na medida certa.

Encantada, ela assistia à manhã, quando ouviu mais uma vez a voz. Não vinha de fora como o vento que dá na cortina; mas de dentro, tal qual eco de um pensamento. Era uma espécie de chamado para tudo o que ela poderia ser se quisesse, se permitisse...
Não era a primeira vez que ela percebia essa comichão, mas sempre respondia com um "já vai" medroso ou um "preciso me organizar" reticente. Essa era a criptonita dela: a apreensão diante da dúvida; a incerteza quanto à altura e a possibilidade de vôo; a imobilidade.

Apesar disso, ainda arde a brasa que alimenta o desejo de vertigem e é certo que ela vai acabar virando labareda.

32 comentários:

João Neto disse...

"...luz na medida certa." (Narradora)

Temos de aproveitar os dias com luz na medida certa. São dias únicos, dias de atear fogo com a brasa que ainda existe.

Abraço.

Ps.: O dia aqui hoje, em Jampa, é de um sol espetacular... acho que é dia de luz na medida certa. Vou aproveitá-lo.

Narradora disse...

João,
Dia perfeito pra viver de verdade.
Abraço.

Clecia disse...

O dia aqui amanheceu lindo! Apesar de um tanto frio, o sol brilhava e o céu estava bem azul. De repente, mudou e a chuva veio. Agora o sol voltou a brilhar. É um dia de opostos. :) Bjos e bom domingo!

Narradora disse...

Dia de opostos... grande possibilidade de agradar a todos :)
Bjs

Beautiful Stranger disse...

dia perfeito, adoro 'inverno'; era um dia muio frio, onde o som da brisa era ouvido por mim, antes mesmo de nascer; dia perfeito...

;)
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

Narradora disse...

Beautiful,
Gosto do frio também... A minha manhã perfeita é essa, sol de agasalho, mas sem mãos geladas...rs
Bjs

Maldito disse...

Adorei a sua maneira de escrever,...parabens pelo blog,...

Voltarei

O Profeta disse...

Aqui é verão querida amiga...


De pequena poça fiz um universo
Feito de sete estrelas do mar
Murmurou-me um búzio ao ouvido
O rumo para te encontrar


Boa semana


Mágico beijo

Narradora disse...

Maldito,
Obrigada.
Seja bem vindo.

Profeta,
Lindo trecho.
Boa semana pra ti.
Bjs

Gracyelly disse...

"Um belo dia resolvi mudar
E fazer tudo o que eu queria fazer
Me libertei..."
(Rita Lee)

Narradora disse...

Oi Gra,
Gosto dessa.:)
Bjs

Bruno disse...

Adoro o frio do inverno e o céu branco, mas meu "clima interno" geralmente também esfria junto com o tempo. E isso não é bom :/
Bjo!

Narradora disse...

Bruno,
Sei como é isso... Minha saída é equilibrar com a trilha sonora.:)
Bjs

Camilla Tebet disse...

Que delícia a certeza de um dia acabar virando labareda. Acho que não importa a cor do dia, quando o período é de"preciso me organizar". É tempo de dar tempo. É também tempo de provar a altura, sem medo do vôo. Vivo também período assim, de "já vai". mas a imobiliade vai incomodando.. queimando.. como essa brasa que vc cita ai.
Esse texto tem alturas que vc não calcula. Ele alerta.
Adorei.
beijos

Narradora disse...

Oi Camilla,
Você também não dorme...rs
Mais dia menos dia começa o incêncio. :)
Bjs

Assim que sou disse...

Essa é a idéia. A de somos sempre fogo baixinho a espera do momento das labaredas. E elas vêm. Mais cedo ou mais tarde, elas vêm.

Seus pequenos e grandes textos são sempre deliciosos para mim. bjs. Veronica

Lígia Carvalho disse...

São os melhores dias de inverno, qndo o Sol é frio e o céu azul.
Obervar a natureza nos dá comichões, como que se ela nos encorajasse...

Nathália disse...

A voz que há dentro de mim sempre me diz que posso ser e fazer o que quiser, mas não é que o medo escuta e grita que é tudo mentira?
Pior que quase sempre eu o escuto.

Beijo!

Narradora disse...

Verônica,
É sempre bem vinda.
Tem razão, quando é hora, elas vêm.
Bjs

Vizinha,
Adoro dias assim.
Dias lindos e comichões...rs
Bjs

Nathália,
Estou procurando não dar tanta importância ao medo.
Fica tranquila, na hora certa a voz ganha e aí é incêndio :)
Bjs

Verônica Martinelli disse...

Dias assim, quase perfeitos...como aqui no sul, um frio de tirar os Pensamentos:O

Beijo

Miguel Barroso disse...

Simplesmente fantástico. Abraços d´A SEIVA e do EU, SER IMPERFEITO.

Narradora disse...

Verônica,
Friozinho é bom... pensamentos de cachecol...rs
Bjs

Miguel,
Seja bem vindo.

Marcelo Martins disse...

Nem eu com vc,rs.
Principalmente pq mantém seus códigos após os comments. tsc,tsc...

(e lá vou eu digitar essa coisa. hj é wiuob...)

Marcelo Martins disse...

Para que eu não seja completamente negativo, lá vai...Adorei suas músicas aqui.
Parebéns.
Vejo que trata-se de uma pessoa pensante.

(mais códigos para eu confirmar essa minha mais nova afirmação...)

edjzw dessa vez...puff

Narradora disse...

Marcelo,
Esse blog náo tem mais letrinha......rs
Bjs

Marcelo Martins disse...

A senhora acaba de ganhar estrelinhas,rs...
Valeu mesmo, moça. =)

Marcelo Martins disse...

E me deculpe...
Sou um homem.
E homens são mesmo malucos.rs

Narradora disse...

Tranqüilo Marcelo.
:)
Bjs

Mary West disse...

Ahh o inverno quando vem cheio de ventos frios inspiram mesmo uma quase doce melancolia. ;)

Lu (- . -)... disse...

Olá Narradora...
Tenho que confessar sou apaixonada pelos dias de inverno, parafaseando uma canção da Calcanhotto: "Dias de chuvas tão cinzas, tão tristes, mas tão bons"...
Beijinho...

Narradora disse...

Miss Mary West,
Verdade, doce melancolia.
Bjs

Lu,
Eu gosto dos dias de forma geral... no inverno tenho que tomar cuidado pra não ficar cinza.
Bjs

Alice disse...

Virar fogo no inverno. Coisa simples para quem sabe sentir o tempo. Adoro a leveza dos seus textos. São notas musicais.

...