Recent Posts

terça-feira, 7 de julho de 2009

Ela acordou cedo, tirou a tramela da porta e entreabriu as janelas. A vontade era de escancará-las, afastando as cortinas e deixando entrar tudo que o dia tinha a oferecer: vento, sol, chuva, visita, poeira...

Mas aquela não era a sua primeira vez, devia ser mais comedida. Devia mesmo? Já não sabia.

Talvez fosse melhor não assustar os minutos, justo por isso decidiu andar devagar pelo assoalho de madeira. Passou o dia fazendo o de sempre, mas com o coração a lhe balançar as têmporas.

A manhã virou noite, a segunda voltou a ser domingo, o tempo ajudou e ela se acostumou a viver sem trancas. O coração já não batia em desassossego, tinha uma cadência boa que lhe embalava os dias.

Sorrisos escapuliam pelos cantos da boca, ela tinha feito do corpo uma casa clara. Numa manhã que era mesmo feito as outras, ela levantou tão leve que seus pés mal tocavam o chão e foi nesse dia que o amor lhe tirou pra dançar.

http://misspaperclip.deviantart.com/art/cherry-blossom-girl-81564447

17 comentários:

Gaby Almeida disse...

Muito bom... tirar as trancas... complicado fazer isso...

Vanessa disse...

coisa mais linda !

.

Taty... disse...

que os meus dias possam ser assim...
lindoo!

Gra Porto disse...

Acho q tem mais trancas do que imaginava na minha vida....e isso não é bom.

Germano Xavier disse...

Contículos imensos em significados e sentidos leio aqui.

Carinho sincero, Luciana.
Continuemos...

Narradora disse...

Gaby,
Verdade, é meio complicado mesmo.
Mas vale a pena.
Bj

Bjs Vanessa.

Tomara, Taty

Mas isso pode ser resolvido né Gra.
Beijos

Caro Germano,
Sempre muito bom tem ver por aqui.
Beijo.

disse...

lindoo o texto!
Queria tanto trocar as noites pelas manhãs...
=/

bjs

Narradora disse...

As vezes pode não parecer, mas algumas das coisas mais interessantes acontecem quando a gente não espera, sem plano mesmo.
Beijo moça.

Nathália E. disse...

"Sorrisos escapuliam pelos cantos da boca"

Tão bonito.
Me encontro assim ultimamente.

Narradora disse...

Nathália,
Que coisa boa!
Beijos

Livre Pub disse...

Que bonito o que você escreve ;D
É tão simples, sem ser simplório.
Parece o tipo da coisa que se lê de manhã (quando a gente acorda de bom humor)

Paulinha disse...

lindo!!!
quero um parceiro assim pra dançar na vida.

Ilaine disse...

Oi, Luciana!

O amor veio e tirou-a para dançar...
Simplesmente lindo texto. Acho que estou sendo repetitiva, mas os teus escritos são de uma sensibilidade enorme. Uma prosa com tanta poesia.

Saudades de você!
Beijo

Camilla Tebet disse...

Que coisa mais linda ser leve o suficiente para o amor te tirar para dançar. Dance, dance e nos conte os passos por aqui. Eles inspiram a ser leve também.

Lyene disse...

Você é simplesmente ÓTIMA! Sempre um prazer vir aqui, é como destrancas portas^^

TSalieri^^

Narradora disse...

Livre Pub,
Sinta-se em casa :)

Paulinha,
A gente sempre acha...
Gostei do texto do ônibus.
Bjs

Ilaine,
Ando com menos tempo.
Mas sempre vou lá na sua casa que está cada vez mais bonita.
Beijo querida.

Camilla,
Muito bom ter você de volta por aqui.
Beijo

Lyene
Fico feliz :)

Nichts disse...

Que lindo adorei o jeito que você colocou as palavras!!
Muito bonito.. adorei!